10 de jun de 2011

"Akai to"

Yo, este é o 2° dia dos namorados que passamos juntos, mina !!

Nesta postagem especial, falarei sobre "A linha vermelha do destino" em japones "Akai to".
O que é a linha vermelha do destino?
Você já assistiu a temporada do Inuyasha Kanketsu Hen? Viu o 1º Ending?
No finalzinho do Ending, aparece a Kagome e o Inuyasha deitados no chão com uma linha vermelha amarrada em seus dedos.
Confira a baixo o video, e a seguir uma foto:



Agora, deve estar se perguntando, o que é essa tal linha ne?
Eis a resposta:

Assim que uma pessoa nasce, os Deuses amarram uma linha vermelha (invisível aos olhos humanos) nela, conectando-a à pessoa com a qual ela está destinada.

"Um fio invisível conecta os que estão destinados a se encontrar, independentemente do tempo, lugar ou circunstância. A linha pode ser esticada ou emaranhada, mas ela nunca vai se quebrar."

A lenda aparentemente teve origem na China, mas acabou se expandido. Hoje em dia, se incorporou ao folclore de outros países do Leste Asiático, sendo um pouco diferente em cada país: A lenda chinesa afirma que os predestinados estão interligados por uma corda vermelha amarrada ao tornozelo de ambos; no Japão, o que os conecta é uma linha vermelha amarrada em um dos dedos mindinhos de cada um dos predestinados.

"O primeiro encontro acontece por acaso e o segundo encontro é obra do destino. Eu e você estamos ligados... Esse laço do destino não está ao alcance dos nossos olhos e também não há um mapa que me leve a você, por isso, vou me apaixonar para te encontrar."

Explicação retirada de uma comunidade do orkut, novamente da Inu-Wishper. Confira a comunidade Aqui!

Feliz Dia dos Namorados !!

Kissus,
     Ja na <3

2 comentários:

  1. Nossa que lindo.
    Amei!

    http://diariodosmeusdesentimentos.blogspot.com/

    Beijinhos
    Fica com Deus

    ResponderExcluir
  2. Nossa estava a dias procurando a história desse fio, muito obrigada por fazer uma post sobre ele!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião para que eu saiba o que mais te agrada.